Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



“El Príncipe” – Episódio 4

por Francisco Carita Mata, em 01.09.16

Série Espanhola na RTP2

(2ª feira – 29/08/16)

 

 “Faz o que tiveres de fazer.”

 

E tanta vez Serra disse a Morey, para ele fazer o que tinha que fazer, que este perdeu os pruridos que tinha e, apesar de ter afiançado a Fátima que nunca lhe mentira, nunca, falou-lhe de verdade ou ter-lhe-á mentido, na tarde em que esta se lhe entregou ou ele a ela? Que não sei quem possuiu ou foi possuído, depende do ponto de vista, da perspetiva em que nos coloquemos. Ou se ambos se entregaram mutuamente, sem compromissos nem complexos, como dois adultos jovens que se amam!

Não sei! Só sei que o que tinha que acontecer foi acontecido e Fátima e Morey estão muito mais ligados e aquela muito mais disponível para o seguir nos interesses deste. E, sob essa perspetiva, mentiu-lhe ou não, o nosso inspetor?

 

Enquanto estes acontecimentos amorosos ocorriam, Karim, o assassino de Sara, a namorada de Abdu, irmão de Fátima, era libertado da esquadra, para ser perseguido por Serra e Lopez, agentes do CNI, em patrulha na cidade de Ceuta, coadjuvando e dirigindo as investigações de Morey sobre as infiltrações de jhiadistas na esquadra e respetivas ações terroristas.

 

“- Importas-te de te virar?

- Porquê?!

- Porque me quero vestir.”

Pedido de Fátima para Javier, que apesar de obedecer não resistiu a olhar de soslaio, e quem resistiria?!

 

Fran Fátima Morey in. www.univision.com

 

E saindo esta do apartamento do amado, foi vista por Fran, que espreitava o agente para lhe ir vasculhar a casa, mal este saísse. Que entre os dois chefes é um jogo de gato e rato, cada um desconfia mais do outro e Fran anda de “pulga atrás da orelha” face a Morey.

E pedindo-lhe, via telemóvel, para se deslocar urgentemente à esquadra, mal este saiu vai dele entrar para furoar o que haveria de suspeito no apartamento. Surpresa sua, quando num placard observou um enorme organograma dos “Suspeitos”, entre os quais o próprio Fran e outros elementos da esquadra.

Nem teve tempo de se recompor, e já Morey lhe apontava a pistola, ameaçando-o de disparar.

E assim terminou este quarto episódio.

 

E como soube o inspetor da visita de Fran?! Pois, o CNI, através de Serra, que o avisou do visitante indesejável e curioso.

 

Surpresa, surpresa teve Fátima que, ao chegar a casa dos pais, tinha o prometido Khaled, com data marcada para o casamento daqui a quatro meses. Nem mais, e sem comentários!

Todos os presentes, a família toda, contentes, lhe dão os parabéns. Só a noiva aparenta ser a menos interessada.

Atitude e sentimento que não passa despercebido à mãe, Aisha.

 

E já que falámos de Aisha, recordamos que esta foi vítima de ataque pelos amigos de Ramon, irmão de Sara, racista / fascista, que já no funeral da irmã as invetivara de assassinas e de mouras, apesar de antes ter sido encomendado de porrada pelos amigos, melhor,  homens de mão, de Faruq, irmão de Fátima.

Que no bairro campeia a violência entre grupos rivais nos variados tráficos que nele imperam, para além dos conflitos étnicos subjacentes a grupos culturais com antagonismos ancestrais e exacerbados nos últimos tempos.

 

(...)

 

Aí, também reside a atualidade da série.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56



Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Temas

Poesia

Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog