Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Europeu de Futebol 2016

por Francisco Carita Mata, em 10.07.16

Final

Portugal – França

 

Anda este post como a bola do futebol. Anda e ciranda, para ser escrito e publicado, logo a seguir à vitória da Equipa Portuguesa sobre a do País de Gales. Foi sendo protelado, foram sendo avançadas outras escritas e outras tarefas e ele veio sendo relegado, adiado...

Mas quero que saia ainda antes da final.

 

Stade de France In. sapodesporto@sapo.pt. jpg

 

E, antes de tudo o mais, parabéns à Equipa, a todas as equipas de profissionais técnicos que sustentam a parte futebolística e parabéns muito especiais ao treinador, Fernando, que não se contenta com um Santo, mas apenas com Santos. Será dos Santos, não sei!

Certo, certo, é que conseguiu o que vinha prometendo: regressar a Portugal só no dia onze de Julho. Que muitos de nós acharíamos que era fé a mais, nos Santos.

Pelos vistos não foi.

E lá estão eles na final.

Agora?! Que venham com a taça!

 

Não interessam as bocas foleiras que por aí circulam.

São só para desestabilizar, para desacreditar a equipa, para baixar o moral da rapaziada. Não leiam as redes sociais, nem os mexericos, que o que se propaga na net, de forma viral, como dizem os entendidos, é pura maledicência.

Não são notícias, nem factos. São, simplesmente, porcaria e lixo, de que a net, me desculpem, muitas vezes está cheia.

 

Nem sei porque determinados veículos comunicacionais divulgam essas atoardas. Omitir esses comentários, essas pretensas notícias, seria censurar?! Ou seria antes bom senso?!

Bem, pouco importa.

 

Trabalhem, concentrem-se nos fracos da equipa adversária e vençam-na.

Que são capazes.

Façam o vosso melhor.

Que têm verdadeiros génios na Equipa.

Força, Equipa Portuguesa!

 

Não se esqueçam que os franceses vão fazer tudo, mas de tudo, para ganharem. Aliás, essa campanha de mal dizer faz parte disso.

E têm o público... Mas muitos estarão divididos!

Espero que os emigrantes portugueses acorram a cantar pela Seleção. Nem que seja em francês!

 

Ah! Há ainda alguns comentários que quero fazer.

Para além do que já abordei de que o Reino Unido se deveria apresentar representado enquanto tal...

Também nas notícias online soube que o jogador francês, em grande destaque, que tem aquele sobrenome esquisito, não sei se de ascendência de Leste, também tem um sobrenome bem português. Imagine-se: Lopes. Os avós maternos são portugueses emigrados para França na década de sessenta.

E o primeiro nome, ainda que em francês, também é bem português: Antoine, também nome de Santo português. E ocorre-me a canção popular francesa. “Saint Antoine de Lisbonne, Saint Antoine de Padoue, ...”

E é esta a característica dominante nas nossas sociedades atuais: o multiculturalismo, a miscigenação cultural, de que até o Santo de há oito séculos já era exemplo.

Para mais então, e agora, o futebol!

Não há melhor escaparate, mais perfeito mostruário desses conceitos culturais, que é a montra do Futebol.

Em cada equipa pontifica gente de toda a Raça e de toda a Nação, parafraseando o aforismo!

 

Então, Força Seleção! Portugal, no seu melhor!

 

E para terminar...

Conhecem aquela cantilena infantil “A lagartixa do rabo cortado...”?

Não conhecem?!

Pois, não é do vosso tempo de crianças! Talvez um dia a conte aqui no blogue.

Parafraseando-a...

A Itália ganhou à Espanha. A Alemanha ganhou à Itália. A França ganhou à Alemanha.

E quem vai ganhar à França?

Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:46



Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Temas

Poesia

Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog