Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Retalhos do Alentejo...

por Francisco Carita Mata, em 02.11.14

AQUÉM TEJO

Há quem do Tejo só veja

O além, porque é distância

Mas quem de Além Tejo almeja

Um sabor, uma fragrância

Estando aquém ou além, verseja

Do Alentejo, a substância.

 

MATA, ALDEIA e encanto

Terra aonde eu nasci

Corra este mundo e tanto

Hei-de voltar sempre a ti.

 

À chuva e sol a pino

Com amor e devoção

Vai tecendo o seu destino

ARRAIOLOS, bordado à mão.

 

ARRONCHES, és linda terra

Vila grata, de agradecer

Teu poder em ti encerra

A arte de bem receber.

 

Monte forte e altaneiro

Tem nome e gente de fama

Sendo antigo é prazenteiro

Vila, MONFORTE, se chama.

 

MOURA, moira e mourama

Leve seja o teu penar

Que o destino te chama

Sem encantamento quebrar.

 

Ode ao Mira é ODEMIRA

Lindo som, lindo grafema

Quem a viu não se admira

Que tenha nome de poema.

 

Não sabia que havia

Uma igreja numa anta

Minha admiração foi tanta

Espantei-me em PAVIA!

 

Ser VILA é um privilégio

NOVA será uma condição

De MIL FONTES é sortilégio

Estar em nosso coração!

 

PORTALEGRE, porto ou porta

Na encosta, ridente alegria

Cidade e serra comporta

Capital do meu dia-a-dia.

 

Do nascer do sol ao poente

És Alma subtil, bem amada

De norte a sul está presente

Em nós, querida ALMADA.

 

NOTAS:

  • Este Poema, resultante da junção de várias quadras e uma sextilha, escritas em diferentes momentos, algumas quadras da década de 80, está publicado na VIII Antologia do Círculo Nacional D’Arte e Poesia, 2005.
  • As quadras sobre Aldeia da Mata, Arronches e Monforte fazem parte de décimas, também publicadas, na IX Antologia do Círculo Nacional D’Arte e Poesia, 2006.
  • Gostaria de as ilustrar com fotos ou desenhos originais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23



Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Temas

Poesia

Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog