Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



RTP 2 - “Maravilha das Maravilhas”

por Francisco Carita Mata, em 11.01.16

"A História da Pena"

ou

"Quando as Galinhas tinham dentes!"

 

Torno a debruçar-me sobre Programas da RTP2.

 

Conforme referi em RTP 2 - "Maravilha das Maravilhas" ..., vi o episódio do Documentário (ou série documental?), supracitado.

Julgo ser uma série sul coreana, da EBS.

 

Obrigatório de ver! Para quem aprecia estas temáticas e gosta de aprender, claro.

O episódio de ontem, domingo, após a campanha eleitoral, pouco depois das 22h, tratou da “História da Pena”.

Não do Palácio da Pena, que também é uma jóia imperdível.

 

Archaeopteryx (Feather) In wikipedia.jpg

 

Não viu? Foi pena!

 

Poderia designar-se este episódio como “A História Maravilhosa das Aves”. Ou então “No tempo em que as Galinhas tinham dentes!

Porque faz jus ao sentido deste provérbio.

A propósito, qual será a origem deste provérbio? Chinesa?

 

Archaeopteryx lithographica (Berlin) In wikipedia.

 

Questiona muitos aspetos sobre o que julgamos saber sobre os dinossauros. Uma das questões que levanta, é a de que os dinossauros tenham sido completamente extintos há 65 milhões de anos, quando ocorreu o acontecimento impactante na Terra, que levou à extinção dos dinossauros e de outras muitas espécies de vida no nosso Planeta.

Que não, os dinossauros não se extinguiram todos, eles voam por aí, que as aves são o resultado de milhões de anos de gerações evolutivas, a partir de dinossauros voadores, que já existiam milhões de anos antes desse acontecimento catastrófico.

E que sobreviveram, precisamente, porque tinham penas, asas, e podiam voar!

 

Archaeopteryx lithographica  In wikipedia.jpg

 

Impactante, não?

 

Antes de tudo o mais, sendo verídica esta teoria (?), como tudo indica que sim, desde logo o nome atribuído aos “dinossauros”, pelo menos aos “voadores”, estará posto em causa, ou não?!

 

"A história da pena"

 

P.S. - Ainda penso escrever sobre "A Família Krupp"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35



Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Temas

Poesia

Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog