Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



“Tempo de Poesia” - António Gedeão

por Francisco Carita Mata, em 07.03.16

“TEMPO de POESIA”

 

Hoje, resolvo divulgar, no Blogue, um POEMA, de um Grande POETA. Talvez um pouco esquecido, como é apanágio dos POETAS - ANTÓNIO GEDEÃO. É a primeira vez que publico um Poema de um Poeta Consagrado e não é um aproveitamento dessa consagração.

Trata-se de um “Dia Especial” e este Poeta, paralelamente com Outros, José Régio, por ex., é um dos meus preferidos.

Daí ter decidido relembrar este POEMA e este POETA, hoje!

Amanhã, talvez lembre também Alguém consagrado.

Talvez!

No ano transato, neste mesmo dia, resolvi questionar: " As Árvores também têm História?!"

 

Segue-se, então, o POEMA!

 

 

“Tempo de poesia”

 

“Todo o tempo é de poesia.

 

Desde a névoa da manhã

à névoa do outro dia.

 

Desde a quentura do ventre

à frigidez da agonia.

 

Todo o tempo é de poesia.

 

Entre bombas que deflagram.

Corolas que se desdobam.

Corpos que em sangue soçobram.

Vidas que a amar se consagram.

 

Sob a cúpula sombria

das mãos que pedem vingança.

Sob o arco da aliança

da celeste alegoria.

 

Todo o tempo é de poesia.

 

Desde a arrumação do caos

à confusão da harmonia.”

 

In: Gedeão, António. “Poesias Completas”, (1956 – 1967). Livraria Sá da Costa Editora (Nona edição), 1983. Lisboa.

“Movimento Perpétuo” - 1956

 

Ilustro com uma foto original de D.A.P.L., de 2015.

Foto original DAPL Parque Gulbenkian. 2015.jpg

 

"Desde a arrumação do caos / à confusão da harmonia."

 

 Vários Poemas deste Autor foram musicados e cantados. Consulte Aqui!

(Tenho pena de não ter conseguido a versão de Duarte Mendes, no album "Fala do Homem Nascido") 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15



Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Temas

Poesia

Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog