Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

12.Set.15

Alguns Programas da RTP 2...

... Que vale a pena ver

ou valeu a pena ter visto!

 

Já falei de Visita Guiada, que é apresentado às 2ªs Feiras, após a exibição da série.

Na passada 2ª feira, dia 7 de Setembro, repetiram o episódio sobre a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva e Escola Superior de Artes Decorativas, sediadas em Lisboa, Alfama.

Uma Obra verdadeiramente iluminada pelo espírito artístico!

Na próxima 2ª feira, apresentarão outro episódio.

 

Aos sábados, à noite, agora estão passando filmes do consagrado realizador italiano, Roberto Rossellini. No sábado passado, projetaram “Roma, Cidade Aberta”, filme de 1945, estando ainda prevista a visualização de mais duas obras deste Mestre da 7ª Arte.

Além da temática dos filmes, obras marcantes de uma época, o Cinema Italiano tinha projeção internacional, consagrado de realizadores aclamados e também grandes atores e atrizes. Filmado em cenários reais, “Roma, Cidade Aberta”, maioritariamente com atores amadores, em que as crianças são um exemplo vivo de purismo e inocência representativa, destacam-se os profissionais Aldo Fabrizi, como Dom Pietro e a fabulosa Anna Magnani, no papel de Pina.

Recebeu o grande prémio do festival de Cannes de 1946,

Um filme que se revê sempre com muito agrado!

 

lifestyle.publico.pt Foz Coa.jpg

Também na semana passada, no dia quatro, à noite, projetaram um documentário de José Salvador, “Douro – O Rio do Vinho”, sobre a épica região produtora de vinhos, que é a Região Demarcada do Douro. Um trabalho de divulgação excelente, convidativo a uma viagem a um espaço geográfico e humano tão empolgante, criado, trabalhado, como uma Obra de Arte, durante séculos, pela mão e labuta de Homens, Heróis que naqueles terrenos alcantilados construíram uma epopeia, desde o século XVIII. E consagrado e reconhecido como Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO, desde 2001.

Pena, enquanto vemos estes documentários, apenas podermos ver e ouvir e ainda não seja possível, que acredito um dia será, podermos também degustar o agradável vinho e saborear os petiscos que são apresentados e saboreados pelos participantes!

Tempos virão em que isso será possível.

Altodourovinhateiro in wikipedia.JPG

 

 

BORGEN, nunca é demais repetir, continua a ser uma das minhas séries preferidas.

Procuro sempre rever os episódios, nos domingos à noite!

Pois continuam a projetar esta excelente série europeia.

 

Também passaram, há algum tempo, não sei precisar quando, julgo que ainda em Agosto, o filme “Getúlio”, que havia visto na 10ª Mostra do Cinema Brasileiro. Ainda comecei a revê-lo, mas, nessa noite, a minha TV pregou-me a partida e transformou o écran numa tela impressionista!

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.