Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Estevinha Rosa… e Jóia da Coroa!

Natureza Campestre na “Cidade de Rio e de Mar”!

Neste, como em postais anteriores, tenho-me debruçado sobre aspetos da Natureza.

É uma forma de proporcionar vistas de aspetos naturais, dos campos que percorremos. Enquanto é Primavera!

Para todas as Pessoas que têm a amabilidade de visitar os postais, acompanhando os percursos divulgados. Muito especialmente os/as que não têm possibilidade de efetuar tais passeios.

Realce muito especial aos que têm a simpatia de nos dar opinião.  

Também é uma homenagem aos blogues com quem tenho aprendido nestas coisas da Natureza, especialmente sobre Plantas e Animais, primordialmente Aves.

Mesmo nas Cidades é possível contactarmos com aspetos naturais, por vezes bem perto de onde moramos.

Hoje apresento fotos de plantas em floração, algumas já aqui documentadas.

Estevinha Rosa. Foto original. 2021. 04. jpg

A foto de “capa” é de uma “Estevinha…Rosa”.

Estevinhas Brancas. Foto Original. 2021. 04. jpg

A 2ª, de “Estevinhas Brancas”, já aqui apresentadas anteriormente.

Madressilva. Foto original. 2021. 04. jpg

A 3ª, de “Madressilva”.

Orquídea  Selvagem. Foto Original. 2021. 04. jpg

A quarta?! Bem a 4ª é a “Jóia da Coroa”! O que é?!

Pois… nem mais nem menos… É uma “Orquídea Selvagem”!

Bem dentro da Cidade!

Planta que desconheço nome. Foto original. 2021. 04. jpg

A 5ª é a flor de uma planta que não conheço.

Raízes de Carrasco. Foto original. 2021. 04. jpg

E a sexta foto é de um aspeto de pormenor de um “resto de falésia” (?), vendo-se as raízes de um carrasco.

 

Espero, Caro/a Leitor/a que tenha gostado.

Onde é que observei estes pormenores naturais, em espaço bem dentro da Cidade?!

Bem…na “Cidade de Rio e Mar” – “Alma subtil bem amada” – no Parque da Paz!

Que é do que mais o Mundo precisa: PAZ! E Saúde para todos!

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D