Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Séries: Final de temporada e sinal de continuidade…

Séries Europeias RTP2 - Séries Francesas

Agência Clandestina- O Barão Negro

 

Caro/a Leitor/a sabe que neste blogue se apreciam especialmente as séries europeias que vão passando na RTP2, pelo menos desde finais de 2014. Durante alguns tempos fui sempre escrevendo alguns posts sobre as mesmas, especialmente a partir de Borgen.

 

No ano passado, 2018, pouco escrevi. Este ano recomecei a escrever sobre o Barão Negro, ainda que não tenha concluído a análise sobre os últimos episódios apesar de ter visto o final.

 

Terminada esta série recomeçaram com a Agência Clandestina. (Péssima tradução do título para português…) Uma 4ª Temporada. Também vi, mas não escrevi nada sobre a mesma.

 

(Agora andam com uma sueca, “O Restaurante”, numa 2ª temporada. Vi a primeira e alguns episódios desta segunda. Também interessante, embora não tanto como as duas anteriores. Mas também aborda assuntos muito relevantes, mais de caráter social, a partir da cidade de Estocolmo, nos anos após a 2ª guerra, centrados numa família alargada, gestora de um restaurante muito famoso… Segue-se com muito agrado!)

 

Mas não é disso que quero falar.

Pretendo abordar a conjetura sobre a eventual continuidade dos seriados, com base nos finais de episódio e temporada e a hipotética continuidade das séries noutra sequência. Reporto-me às duas supra mencionadas. 

 

Philippe Rickwaert. in. net.jpg

 

Barão Negro

No final do último episódio, Philippe, a modos que se reconciliou com a filha Salomé, que foi encontrar nas dunas da praia de Dunquerque, a desenhar… E qual o desenho que a filha mostrou ao pai?!

Precisamente o respetivo rosto desenhado e com a legenda: Rickwaert a Presidente!

Sinal de que vai ou não haver nova temporada?! Ou que pelo menos deixam em aberto essa possibilidade?! O que acha Caro/a Leitor/a?! (…   …)

 

gullaume debailly.in. net. jpg

 

 

Agência Clandestina

Guillaume Debailly, Paul Lefebvre, Malotru, o “Agente Lendário”, que lhe chamo eu, ou lá o nome ou pseudónimo, ou anexim, estes ou outros que ele tenha usado, supostamente estaria na Ucrânia. Supostamente terá sido “condenado” a morrer, como forma de se verem livre dele, pelo potencial explosivo de todos os conhecimentos que ele foi adquirindo e como pagamento pela sua “traição”… Um ucraniano deu-lhe uma bebida, um alucinogénio, que lhe permitiria sonhar enquanto fosse morrer e deste modo levar a execução da sentença de forma mais benigna.

Vimo-lo a perder a consciência, supostamente imaginando-se em Paris num “escritório – prateleira” da Agência, o seu desejo; também na Cidade Luz, num bistrot, com a filha, Prune Debailly, aguardando a namorada, Nádia El Masour, a chegada desta, que cumprimentou e conversou amigavelmente com a “enteada”, muito animadas e ele, observando, sem participar na ação. Apenas como observador…

Na Ucrânia também viramos o soldado lançar um líquido à volta de Malotru, líquido que incendiou. Gerou-se fogo. Malotru em fundo, meio deitado, meio adormecido, naquele meio sonho… Não vimos o fogo chegar-se-lhe…

Morreu? Não morreu?! Haveremos de saber?! Talvez só numa eventual quinta temporada?!

O que acha Caro/a Leitor/a?!

(Este post surgiu-me, na sequência de comentário que foi feito num post sobre a série, friso!)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D