Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Reclusão Forçada: Expressão Artística

Fotos de trabalhos artísticos de relax, realizados nestes dias de stress

Nestes dias de reclusão forçada, a partir da generalização da pandemia “Covid – 19”, no dia 19 de Março, “Dia do Pai”, de que este ano mal se lembraram as “redes”, produzi estes trabalhos que aqui vos apresento.

Fiz separadamente cada um dos elementos, mas no final constitui um tríptico.

1º trabalho:

1º Quadro 20200319.jpg

2º a ser executado, mas que constitui o 3º elemento do tríptico:

3º quadro. 20200319.jpg

 

3º trabalho na execução, mas que foi criado para constituir  precisamente a ligação entre os outros dois, formando o 2º  elemento e intermédio do conjunto do tríptico.

2º Quadro. -20200319. jpg

Tríptico:

Triptico. 20200319.jpg

Atividades Culturais da SCALA Setembro – 2019

Foto original. 2015.jpg

 

Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada

Sede: Rua Conde Ferreira - Almada (Velha)

 

Dia 7- Sábado

  • Inauguração da Exposição de Pintura da associada Isabel Martins, às 16 horas, na Galeria e Sede da SCALA. A exposição estará patente ao público até 20 de Setembro.
  • Momento Musical com Francisco Naia e José Carita.

 

Dia 21- Sábado

  • Inauguração da Exposição de “Poesia Visual”, do associado Francisco Carita Mata, às 16 horas na Galeria e Sede da SCALA.
  • Momento musical com Gabriel Sanches.

 

Dia 28- Sábado

  • Grupo Musical “Sons Diversos”, às 16 horas, na Sede da SCALA.
  • “Poesia à Solta”, na SCALA, onde os Amigos da Poesia têm oportunidade de declamar / dizer / recitar / ler / cantar os seus poemas. Junte-se a nós, Poetas da SCALA.

 

*******

Decorreu muitíssimo bem a inauguração da Exposição, que ainda pode visitar.

Obras muitíssimo bonitas que pode apreciar e, eventualmente, adquirir…(Todavia, não tenho a certeza se estão para venda.)

 Já não pode é assistir ao espetáculo musical que foi proporcionado pelos “compadres” Francisco e José. Mas eles andam por aí… decorrem várias atividades pela Cidade de Almada, em que estes músicos e cantores disponibilizam, altruisticamente, os seus talentos musicais.

Em contrapartida, poderá apreciar na Sede da SCALA, os talentos de Gabriel Sanches, no dia 21 e de “Sons Diversos”, no dia 28.

Para além da POESIA, claro!

 

Março, Marçagão…

Crónica num dia que balança entre chuva… e arco-da-velha!

Benfica… Festival… SCALA – Almada!

 

Foto Original DAPL 2015. jpg

 

Esta crónica está para sair há dias. Quer reportar-se mais propriamente ao dia 2 de Março, sábado. Mas só saiu hoje, dia seis, “Quarta Feira de Cinzas”!

Ainda se lembra de algumas ocorrências marcantes nesse dia dois, em termos culturais?!

 

(Mas antes quero assinalar que ontem, dia cinco, começou a chover. Neste Outono – Inverno, mais uma vez mal choveu. O que já acontece há quatro anos consecutivos. No ano passado julgo que também começou a chover no dia cinco. Depois em Março, Abril e Maio, choveu pelos três anos anteriores de seca! E este ano?! Esperemos que também chova, que a água faz imensa falta… E, hoje, o dia tem sido como o ditado… chuva e sol!)

 

Mas voltemos ao dia dois.

Bem!... O que aconteceu?!

 

O Benfica foi ganhar ao Porto. Ótimo! O campeonato ganha outra dimensão.

Mas já reparou que os campeonatos, há anos, que são só praticamente Benfica e Porto, Porto e Benfica?!... O Sporting eclipsou-se… E falta que faz um Sporting à altura. Sem clubismos ou fanatismos, facciosismos, de qualquer parte.

Tal como em tudo o resto só Lisboa e Porto é que contam! Uma bicefalia anormal e prejudicial ao País. Alguns outros clubes periodicamente fazem fogachos de alguns meses, algumas semanas, mas depressa se extinguem. (Braga, Guimarães, Boavista…Tondela!)

E já reparou na origem geográfica dos clubes da Primeira Liga? Noroeste e Litoral, a grande maioria.(Porto, Braga e Aveiro = 50%; Lisboa e Setúbal = 25%. 3 clubes das Ilhas, 1 do Algarve; 1 de Viseu, outro de Vila Real!!!!!)

Não é que interesse haver clubes só por haver. Ademais ele há por aí tanta coisa por debaixo dos relvados…. Mas interessam as múltiplas relações entre vários aspetos identitários deste País: Sócio culturais, económicos, demográficos, de desenvolvimento, as tão grandes assimetrias Litoral – Interior. (…) Em que o Futebol, para o bem e para o mal, anda envolvido ou de algum modo espelha exageradamente. (…)

 

Outro acontecimento.

Houve Festival da Canção. Não por acaso, em Portimão!

Houve bonitas canções e interpretações. Ganhou quem se previa.

Mas de canção, canção, não ouvi nada. Uma performance inusitada, uns acessórios faciais e manuais, uma dança acrobática, umas vestimentas clownescas… Isto digo eu, que sou duro de ouvido. Mas houve quase unanimidade dos júris… Festival da Canção?!

 

Mas o que a mim me interessa por demais reportar é a Inauguração da 25ª Exposição Anual da SCALA – Almada, na Oficina da Cultura. A “Festa das Artes da SCALA”!

Irá permanecer de 2 a 17 de Março. Imperdível!

Se ainda não foi visitar, não deixe de o fazer!

Excelentes trabalhos em diferentes vertentes: Artes Decorativas, Escultura, Fotografia, Pintura…

Parabéns à SCALA! Aos Organizadores! À Oficina da Cultura! A todos os Participantes! A todos os que trabalharam para dar corpo à Exposição!

*******

(Fotografia original DAPL - 2015)

Festa das Artes da SCALA - Almada

OFICINA da CULTURA - ALMADA

25ª Exposição Anual

SCALA

 

Convite Festa Artes SCALA 2019. Cortesia Organização.png

Vou participar com o trabalho seguinte, de "Poesia Visual", que intitulei "Poema Psicadélico", para efeitos de concurso "Nau dos Sonhos" - 2018, promovido por APP - Associação Portuguesa de Poetas, que venceu.

"Poema Psicadélico" - 1986 A. Mata

Este quadro figurou pela primeira vez numa Exposição Coletiva, na Casa do Alentejo, em 2018. Exposição promovida pelo CNAP - Círculo Nacional D'Arte e Poesia.

E também englobou a Exposição Individual, organizada pela APP -Associação Portuguesa de Poetas, na respetiva Sede, aos Olivais, Lisboa, também no ano passado, com base precisamente nos vários trabalhos que elaborei na 2ª década de oitenta, inspirados na corrente estética designada por "Poesia Visual".

Exposição CNAP - Campo de Ourique - Fevereiro  Março - 2019

QUADRO Nº2. Cortesia Rolando Raimundo.2019 jpg

Teve lugar no “Espaço Cultural Cinema Europa”, em Lisboa, no dia 20 de Fevereiro, a inauguração de uma Exposição Coletiva de Pintura de 12 Artistas, sócios do CNAP - Círculo Nacional D´Arte e Poesia.

Este evento contou com a presença do Presidente da Junta de Freguesia de Campo de Ourique, Dr. Pedro Cegonho, que enalteceu as três décadas de dedicação aos Pintores e Poetas menos conhecidos, os quais desde modo vão revelando o seu talento, através deste Círculo de Amigos.

O mesmo Presidente convidou também a Presidente do CNAP, D. Maria Olívia Diniz Sampaio, a proferir algumas palavras, que, na sua habitual simpatia e simplicidade, agradeceu à Instituição supra citada todo o apoio e carinho dispensados  a esta Causa. Foi oferecida ao Presidente a última Antologia do CNAP, que vai já na XIII edição.

Esta  Exposição estará à disposição de todos os interessados no “Espaço Cultural Cinema Europa” – Campo de Ourique, Lisboa, até final de Março.

QUADRO Nº 4. Cortesia Rolando Raimundo. 2019. jpg

(Notas Finais:

Este texto foi elaborado a partir da informação enviada por Rolando Raimundo, via mail, respeitando a sua essência.

As fotografias são também da sua Autoria.

Agradecemos a amabilidade e prestabilidade. Parabéns!

Parabéns igualmente aos Artistas e ao Círculo e sua Presidente.

Parabéns e também Obrigado ao Presidente da Junta de Freguesia de Campo de Ourique.

Tive pena de não ter podido comparecer. Fica para outra oportunidade!)

QUADRO Nº 5. Cortesia Rolando Raimundo. 2019. jpg

 

Visite, se Faz favor!

As Exposições do Círculo englobam sempre excelentes trabalhos. Esta não é exceção, conforme pode confirmar pelos quadros aqui apresentados.

QUADRO Nº 7. Cortesia Rolando Raimundo. 2019. jpg

(E aqui está a lista dos Artistas presentes:

Adelaide Freitas, Catarina Semedo, Elmanu, Fernanda de Carvalho, Josefina Almeida, Luís Ferreira, Margarida Dias, Maria Rita Parada, Marisa Castro, Olímpia Campos, Teresa Filipe, Vitor Hugo.)

 

Convinha a especificação da Autoria dos quadros, bem como da sua designação. Pois convinha...

Alguns consigo visualizar a assinatura e deduzir a autoria, pelo conhecimento do estilo artístico...

 

Ajude-me o caro/a Leitor/a! S: F. F.)

Campo de Ourique: Exposição do CNAP

CNAP - CÍRCULO NACIONAL D'ARTE E POESIA

EXPOSIÇÃO de ARTES PLÁSTICAS

BIBLIOTECA - ESPAÇO CULTURAL CINEMA EUROPA

LISBOA

(JUNTA de FREGUESIA de CAMPO de OURIQUE)

Exposição CNAP. 20 Fev..Cortesia Organização. jpg

O Círculo Nacional D'Arte e Poesia vai promover mais uma das suas excelentes Exposições de Artes Plásticas.

Participe, S.F.F.

Visite, se puder! Só ganha com isso.

 

ARTIS – Exposição Coletiva de Artes Plásticas na SCALA

Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada

2 a 15 de Fevereiro 2019

 

Inaugurou-se, hoje, dia 2 de Fevereiro na SCALA a mencionada Exposição que documentamos com as fotos de algumas das obras expostas.

As fotografias são originais de João Adão um dos artistas com quadros expostos. O nosso Muito Obrigado pela amabilidade e ademais pela prontidão.

Não teve oportunidade de ir?! Ainda está a tempo que a Exposição só termina no dia quinze. Vá, se faz favor, porque estão expostas excelentes obras. Irá gostar!

 

Artistas e Obras em exposição:

 

Alzira Lopes: “Dreams” e “O outro lado”.

Etelvina Rosa: “Canavial e “Cascata”.

Fernanda Santos Silva: quatro obras sem título.

Gorete Ferreira: três obras sem título.

 

Helder Assunção: “A Ponte”, “Flores” e “Fronteira”.

Flores Helder Assunção Foto João Adão. 2019. IMG_0062.JPG

"Flores" - Helder Assunção.

*******

 

João Adão: “Sem título”, “Africanas – tríptico”, “O moinho”.

João Adão. Africanas. 2019. IMG_0051.JPG

"Africanas" - João Adão

Moinho João Adão.JPG

"O Moinho" - João Adão.

********

Lurdes Ramires: três obras sem título.

Maria Luísa Gomes: “O borralho”, “Passeio à beira mar”, “Meninas apreciando a natureza”

Suzete Rapaz: “O elevador de Santa Justa” e “Rua de Almada”.

*******

 

Elevador - Suzete Rapaz e A Ponte - Helder Assunção. 2019.IMG_0053.JPG

"Elevador de Santa Justa" - Suzete Rapaz e "A Ponte" - Helder Assunção.

*******

 

Conjuntos de Quadros em que tenho alguma dificuldade em identificá-los todos.

Por acaso, não quererá ter a amabilidade de me ajudar?!

Fotos João Adão. 2019. IMG_0056.JPG

"Passeio à beira mar" - Maria Luísa Gomes; e ...?   e...?

*******

 

Fotos João Adão. 2019. IMG_0057.JPG

*******

Foto João Adão. 2019. IMG_0058.JPG

*******

Foto João Adão. 2019. IMG_0059.JPG

"Canavial" - Etelvina Rosa e ... ?

 

*******       *******       ********

 

Conjunto lindo de quadros, não acha?!

Pois então, visite, se faz favor!

*******

 

(Notas sequenciais a propósito do dia 2 de Fevereiro, "Dia da Senhora das Candeias ou Senhora da Luz".

Diz o ditado que se a "Senhora estiver a rir, está o Inverno para vir..." O dia esteve sem chuva, com sol, apesar de frio e algum vento. "A Senhora esteve-se a rir..." Será que ainda vamos ter muita chuva?... Até faz falta! Veremos. Em 2018 só começou a chover em Março...)

 

 

SCALA – Atividades 1º Trimestre de 2019

 

SCALA – Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada

 

JANEIRO – 2019

 

5- Efabuladeiras da Associação Almada Mundo, às 16 h, na galeria e sede da SCALA, na Rua Conde de Ferreira (ex-delegação escolar), Almada.

 

19- Inauguração da exposição de pintura de Carlos Gaspar, às 16 h, na galeria e sede da SCALA. A exposição estará patente ao público de 19 de Janeiro a 1 de Fevereiro.2019.

Apresentação do livro “Na sombra das palavras de Carlos Gaspar, às 17 horas.

 

26- Sessão de “Poesia à Solta” na SCALA. Sessão de encontro de poetas e de amigos da poesia, às 16 h, na sede da SCALA, Rua Conde de Ferreira (ex-delegação escolar), Almada.

 

FEVEREIRO – 2019

2- Inauguração da Exposição de pintura do Grupo Artis, às 16 h, na galeria e Sede da SCALA, na Rua Conde de Ferreira (ex-delegação escolar), Almada. A exposição estará patente ao público do dia 2 ao dia 15 de Fevereiro.

Altemira Foto original DAPL. 2016.jpg

 

9Apresentação do Livro “De Altemira Fiz Um Ramo, coordenado pelo nosso associado Francisco Manuel Caldeira Lopes, um Livro sobre Versos e prosas da Aldeia… às 16 h, na Sede da SCALA.

 

12O Grupo de Poetas da SCALA vai à Escola D. António da Costa “Dizer Poesia”.

 

23- Inauguração da Exposição documental dos 25 anos da SCALA, às 16 h, na galeria e Sede da SCALA, na Rua Conde de Ferreira (ex-delegação escolar), Almada. A exposição estará patente ao público de 23 de Fevereiro a 15 de Março.

 

23- Sessão de “Poesia à Solta” na SCALA. Encontro de poetas e amigos que partilham entre si a Poesia, às 16 h, na Sede da SCALA, Rua Conde de Ferreira (ex-delegação escolar), Almada.

Apontamento musical com Gabriel Sanches.

 

MARÇO – 2019

2- Inauguração da 25.ª exposição, “Festa das Artes da SCALA às 16 h, na Oficina da Cultura, Almada. A Exposição estará patente ao público, das 14 às 19 h. e das 20 às 22 h., até ao dia 17 de Março.

 

17- ALMOÇO DO 25.º ANIVERSÁRIO da SCALA, às 12,30 h, no Restaurante Nezy, na Rua Capitão Leitão, Almada.

Momento de “Poesia à Solta” com os Poetas da Scala, às 16 h, na Oficina da Cultura, Almada. Encerramento da Exposição “Festa das Artes da SCALA.”

 

23 – Gala dos 25 anos da SCALA, às 16 h, na Academia Almadense, na sala pequena.

 

30 – Comemoração do "Dia Mundial da Poesia", às 16 h, na sede da SCALA, Rua Conde de Ferreira, (ex-delegação escolar), Almada.

*******       *******

A apresentação do livro "De altemira..." ocorrerá simultaneamente com a Exposição do Grupo ARTIS. Será para mim uma grande honra desenvolver a apresentação do livro enquadrado com tão bonitas pinturas.

“Na Sombra das Palavras” – Apresentação de livro E…

... Exposição de Artes Plásticas

Carlos Manuel Fidalgo Gaspar

 

SCALA – Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada – 19 / 01/ 19

 

Alice no País das Maravilhas. Carlos Gaspar. Foto Margarida Gaspar 2019. jpg

 

 

Pois! Como lhe disse em post anterior, realizou-se o supracitado evento. Interligando Artes Plásticas e Poesia. A Arte apresentada, multidisciplinar – desenho, pintura, escultura, poesia visual – conjuga-se esteticamente com a Poesia e esta, por sua vez, com a arte pictórica, e através do Verbo, da Palavra, das palavras ditas e interditas nos sugestiona o mundo visual!

Parabéns ao Autor e à Família que valorizam a Arte e nos revelam os seus talentos de forma tão imaginativa.

 

Máscara. Carlos Gaspar. Foto Margarida Gaspar. 2019. jpg

 

 

As fotos apresentadas de autoria de Margarida Gaspar, filha do autor, comprovam o que afirmo. Os cravos, bem originais, são da autoria da esposa, Teresa.

 

Cesto. trabalho Teresa Gaspar. Foto original Margarida Gaspar. 2019.jpg

 

Pois! Não foi! Pois quem perdeu foi você. Pode crer!

 

A sala cheia, cerca de quarenta pessoas, uma moldura familiar, que englobava as diversas gerações: avós, pais, filhos, netos.

 

 E houve o dizer Poesia!

 

Para além dos habituais: Gertrudes, Clara, Palmira, Carlos, o autor e eu; também António Matos e Francisco Naia, que disseram como só eles sabem dizer; Naia cantou e improvisou.

 

Também, e é de realçar, duas jovens a dizerem Poesia: Letícia e Margarida.

E viva a Juventude! E viva a Poesia!

 

Não assistiu à inauguração, mas ainda pode visitar a Exposição, que continuará até dia 1 de Fevereiro. E adquirir o livro. Vale a pena!

Cesto e livros. Foto original Margarida Gaspar 2019. jpg

 

(E só agora publica este post, dir-me-á. Pois! Só hoje me foi possível e para além do mais não pude ir a “Poesia à Solta”, hoje, 26 de Janeiro.)

Mas quem perdeu fui eu.

 

Como aliás perde sempre quem não frequenta as atividades de mérito da SCALA.

Mas a Vida tem muitas curvas e contracurvas, como todos sabemos.

Até um próximo post.

 

(Notas Finais:

- Carlos é Autodidata e Amador. Como a grande maioria de nós, que andamos nestas lides da Poesia e da Arte.

- O 1º quadro intitula-se "Alice no País das Maravilhas" e é de 2003.

- O 2º, "Rosto Musical", de 2017.

Os cravos sugestionam-nos Abril e a Liberdade?)

 

 

“Poesia à Solta”: Foi de arrasar!

Tertúlia da SCALA – “Poesia à Solta” - 29/09/18 – Sábado

Exposição de Pintura – João Pedro

 

Pensava que eu me esquecia da Sessão de Poesia na SCALA?! Nem mais nem por menos! Foi uma sessão de arrasar!

 

Pintura João Pedro in. facebook SCALA Almada

Além do mais e por demais, porque nesse mesmo dia foi inaugurada uma Exposição de um jovem Pintor, João Pedro, que é de fascinar. Pinturas constituindo todo um conjunto harmonioso, enquadradas esteticamente num estilo muito pessoal. É identitária a mostra, dado que nos direciona para uma mesma origem autoral. Mal se entra na sala, sempre muito bem organizada estruturalmente, percecionamos desde logo e à primeira vista, o fascínio e a qualidade do que nos é mostrado. E reconhecemos uma marca original, a mesma impressão digital! Enquadraria a temática numa estética abstrata. (Estarei correto?)

(Mas, simultaneamente, perceciono, percebo, um lado muito orgânico nos traços picturais. De algum modo, imagino estruturas microscópicas de seres vivos, plantas principalmente, ampliadas e pintadas. Imaginação minha! Que o pintor me disse não ser esse o modelo.)

Estão de parabéns o Autor e a SCALA. Esta Exposição não desmerece de figurar, futuramente, em qualquer Galeria de Arte, Museu, ou Sala a esse fim destinada. Só na Cidade de Almada há vários espaços onde este conjunto de Obras, estilisticamente personalizadas, devem ter honras de aparecer! Sala Pablo Neruda, Oficina de Cultura, Galeria, Casa da Cerca, eu sei lá!

Siga em frente, João!

(São da Exposição, as duas fotos de pinturas apresentadas no post: In. Facebook da SCALA, amabilidade de DAPL, que mas recolheu! Obrigado a todos.)

 

Pintura de João Pedro. In. facebook SCALA. Almada. 2018.jpg

 

Houve algum tempo para quem quisesse visualizar e apreciar os quadros expostos, dialogar, enquanto Gabriel, o Sanches, nos envolvia com a musicalidade do seu órgão. Esteve razoável público, pena não terem ficado todos para a Tertúlia. Ficaram ainda bastantes pessoas, maioritariamente familiares e amigos do pintor. (Éramos vinte, na totalidade, número que parece ser agora o habitual nas tertúlias!) E abrangendo várias gerações, pessoas bastante mais novas que as que normalmente habitam as várias tertúlias que frequento, em que somos jovens, é certo, mas de espírito. Que de idade, já estamos mais para lá do que para cá. Nesta Tertúlia tivemos o grato prazer de termos a assistir jovens, jovens mesmo, de idade!

Penso que não desmerecemos no trabalho que lhes apresentámos, porque todos, mas todos sem exceção, revelámos o nosso melhor!

Será fundamental que futuramente estes intercâmbios artísticos se entrecruzem. Nas várias atividades, proporcionar uma simultaneidade de eventos: Poesia e Arte de Mãos dadas! Será uma forma de estruturar públicos diversos e revelar a cada um desses públicos diferenciados que as várias Artes não são paralelas, mas convergem todas para um mesmo fim: revelar o que de melhor a Humanidade tem!

E frisar o que escrevo sempre: Pena que a comunicação social não valorize a Poesia! Só perdem!

 

E sobre a Tertúlia?!

Começo por referir quem disse: Presente! Clara Mestre, Maria Gertrudes Novais, Amélia Cortes, Palmira Clara, Gabriel Sanches, Arminda Vieira, além deste cronista.

João Pedro também se aventurou a ler um poema: “… vidas construídas…”. Continue, que estamos sempre a aprender.

A dizermos Poesia, continuadamente, fomos sete. Os Sete Magníficos! (Pretensiosismo meu?!) Poucos a dizer, quer dizer, que mais dissemos! (Houve cinco voltas de carrocel poético, para quem quis.)

 

Clara Mestre, disse, cantou, poesia sua e de outros autores: “Tudo pára, para ouvirmos só poesia…” “Amor combate”, de J. Pessoa; “Cinema”, de sua autoria; “A vida deve sorrir”, de Gertrudes Novais; “Silêncio e tanta gente”, de Mª Guinot.

 

Maria Gertrudes Novais disse, de sua autoria: “Amarras”, “Entre o céu e a natureza”, “Gritos de alma”; “Planície”, “Utopia” e finalizou com um poema sobre o teatro.

 

Amélia Cortes, também de sua autoria: “Maria dos ventos”, “A cabana no penhasco”, “Terra”, “Praga”, “Vento sueste”.

 

Francisco Carita Mata, de sua autoria: “Selfie”, “Amor do Facebook”, “O Futuro morre na praia!”, “Futebol é arrebol”, “Revista cor de rosa”.

 

Palmira Clara: “Cigarro”, de Gabriel Sanches; “Melodia”, de Gertrudes Novais; “Cântico Negro” de José Régio; “… em cada um de nós há um segredo…”, de Gertrudes Novais; “Por caminhos de Santiago”, de sua autoria.

 

Arminda Vieira disse, de Gertrudes Novais: “Novo amanhecer” e “Vento agreste”.

 

Gabriel Sanches também disse e também cantou poesia de sua autoria: “Nós poetas somos loucos…”, “Aos amigos quero oferecer”, “Se…outro planeta houvesse…”, “A minha vida de cão…”, e “Canção da promoção…”, com a música de J. Afonso de “eles comem tudo…” em que finalizou que um dos tais, que por aí andam a comer tudo, foi para o Céu pagar a dívida ao Espírito Santo!

 

Nem mais, nem por menos! Que esta crónica ultrapassou o limite de uma Página A4 e estará enviesada, como de costume. Mas, para a corrigir, conto com a sua colaboração, Caro/a Leitor/a.

Por vezes, apetece-me dar a volta ao texto, mas tento ser o mais objetivo, com o devido respeito que todos os intervenientes me merecem.

E Obrigado pela Vossa atenção e pelas Vossas prestações Artísticas! Que nos enriquecem!

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D