Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

14.Out.17

Ação! Imbecilidades... E Raposices!

Francisco Carita Mata
Crónica de Outubro I, em sete Pontos!Algumas ações positivas – outras tantas imbecilidadesCrónica de Descontentamento(s) (IV)E alguns Contentamentos Intitulo esta crónica, de Outubro, desconhecendo se ainda virei a publicar mais alguma referente a este mês.  *******(I) Começo por uma ação de lado positivo, que observámos na passada 6ª feira, 13 de Outubro. Na estrada de Estremoz – Vimieiro, constatámos algo de muito positivo.Já perto da povoação do Vimieiro andavam (...)
27.Nov.14

Cante alentejano: UNESCO aprova classificação como Património da Humanidade

Francisco Carita Mata
Notícia de última hora!  Não! Não se trata, propositadamente, de mais um "caso mediático" . Não!!! Trata-se de algo que nos toca, especialmente. Segundo noticiado por Agência Lusa, A UNESCO aprova classificação do Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade. PARABÉNS a TODOS, mas a TODOS os INTERVENIENTES neste processo!  Reporto-vos para a leitura de "posts" deste blog: "Alm (...)
21.Nov.14

O Topónimo “Aldeia da Mata”

Francisco Carita Mata
 O Topónimo “Aldeia da Mata” define a localidade na sua essência, aldeia: pequena localidade, geralmente com poucos habitantes, núcleo populacional feito de casas contíguas, tipo alentejano. “Nos começos da Nacionalidade designava não uma povoação mas um casal ou herdade existente num sítio ermo.”(1)Quanto ao primeiro termo do topónimo, Aldeia, (...)
19.Nov.14

Almada será a Capital do Cante?!

Francisco Carita Mata
SESSÃO de CANTEC.I.R.L. – Clube de Instrução e Recreio do LaranjeiroSábado, 15/11/14Não sei responder, pois ignoro o que se passa noutras regiões, nomeadamente no Alentejo do Sul onde certamente existirão regularmente sessões de cante, pois há muitos grupos nessa região. Havendo ou não noutros lugares certo é que, em Almada, (...)
18.Nov.14

Um Jardim na Cidade!

Francisco Carita Mata
O Jardim de Dona Vanda! Muitas vezes havia passado na Rua Almada Negreiros, no Feijó.   Entre dois prédios, de um conjunto habitacional de uma conhecida construtora do concelho de Almada, num espaço vago, terreno saibroso e pobre, alguém construiu um bonito jardim, bem delineado, harmónico, simples mas sugestivo, contrastando pela positiva com o espaço em que se enquadra, preenchendo um vazio, uma ausência tão caraterística nestas zonas suburbanas em que a megalomania (...)
13.Nov.14

“Humor e Cultura”

Francisco Carita Mata
Apresentação do livro de João Coelho dos Santos “Humor e Cultura”   Ontem, dia 12 de Novembro 4ª feira, deslocamo-nos à Biblioteca Municipal Central de Lisboa, no Palácio Galveias, para a sessão de apresentação do livro “Humor e Cultura”, de João Coelho dos Santos (1939).   Não conhecia o autor nem a obra, embora sabendo ser sócio da APP (Associação Portuguesa de Poetas), meio através do qual tive conhecimento do evento e que nos incentivou a comparecer.   Em boa (...)
25.Out.14

As “Alminhas” de Aldeia da Mata e “O Combate de Flor da Rosa"

Francisco Carita Mata
“Será que as lendas têm um fundo de verdade”?A leste da freguesia de Aldeia da Mata, concelho de Crato, existem dois monumentos peculiares e singelos, mas muito significativos, conhecidos como “As Alminhas”. Um fica mais destacado à saída da povoação, à beira da estrada nacional, na direção da sede de concelho e pela sua localização é facilmente referenciável, sempre que se entre ou saia da localidade na direção mencionada. O outro, um pouco mais recatado, (...)
19.Out.14

Crónica do Feijó 2: CATS

Francisco Carita Mata
CATS: Gatos e GatasNa pretérita 5ª feira, na noite de 16 de outubro, fomos Além Tejo para assistir a um espetáculo numa centenária sala (1892), renovada e adaptada aos tempos e modos atuais. Sendo, à nascença, sala de lides tauromáquicas, por onde passaram nomes lendários da festa brava, registados com as respetivas datas de atuação nos diversos camarotes por toda a praça, tem agora uma função generalista e polivalente, quem sabe talvez num futuro a sua única função, (...)