Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

26.Jan.18

“Cabras Sapadoras” – 'Batismo' Polémico!

Francisco Carita Mata
Mais uma Reflexão sobre a Prevenção dos Fogos Florestais!!! Estamos quase no final de Janeiro, deste ano de 2018, que ainda mal se iniciou. Como tem acontecido nestes últimos três anos, pouco tem chovido. Os ribeiros nem sequer correm. E faz imensa falta chover! Todos sabemos o ano trágico que foi o de 2017, a partir do grande incêndio de Pedrogão, a 17 de Junho, ainda não se tinha iniciado o Verão e todos os que (...)
20.Out.17

E que venha a Primavera!

Francisco Carita Mata
Crónica de Outubro (II) Crónica de Descontentamento (V) E Desalento  Ao escrever a crónica anterior, datada de 14/10/17, referi a possibilidade de eventualmente voltar a escrever mais alguma crónica ainda neste mês.Mas estava a milhas de imaginar que ainda voltaria a abordar o tema dos incêndios. Pois quem haveria de supor vir ainda a acontecer tal tragédia!Mais de quinhentas ignições de fogo, (...)
11.Set.17

Serão os incêndios inevitáveis?!

Francisco Carita Mata
Serão uma fatalidade, um fado, a que não possamos fugir no Verão?!Uma ocorrência catastrófica, mas natural, como um furacão, um tsunami, um terramoto, um ciclone?!  (Verão Escaldante!) Volto a este assunto, porque, infelizmente, desde Junho que vivemos esta calamidade! Este post anda para ser publicado desde Agosto. Mas tem-me sido difícil e doloroso escrevê-lo. Para além de outras questões, que me têm coartado a iniciativa de escrita. Mas tinha que ser escrito. E (...)
17.Jul.17

Trovoada seca? Mão criminosa? Descarga elétrica? (…)

Francisco Carita Mata
E sobre os fogos florestais… Ainda!E a Prevenção?! Prólogo:Este texto foi escrito bem no início de Julho e era para ter sido publicado logo, logo.Não foi. É agora!Infelizmente, mantem, ainda, demasiada atualidade.Entretanto têm acontecido outras ocorrências mediáticas.As “redes” sociais têm “ardido”, por acontecimentos, opiniões, mundivisões, atos e ações de maior ou menor relevância…Não me vou debruçar sobre essas temáticas.Volto a um tema quente, (...)
20.Jun.17

Incêndios…

Francisco Carita Mata
PREVENÇÃO! Há assuntos sobre os quais desejaria, de todo, não mais falar. Todavia e apesar de já ter abordado estas temáticas no blogue, ainda me vejo na contingência de escrever sobre o mesmo. Antes de mais, manifestar a minha solidariedade e as minhas condolências. Houve, neste caso, um conjunto de situações externas e incontroláveis, que, segundo os especialistas, terão provocado tão terrível catástrofe.Temperaturas elevadíssimas, e ainda estávamos na Primavera; (...)
18.Ago.15

Um conto que não gostaria de contar!

Francisco Carita Mata
 Conto e reconto, tristemente real e anual, sobre um reino que abandonou os seus campos à incúria e insensatez humanas. Lado a lado, nas bermas das estradas, a erva nascera e medrara na ridente Primavera, florira e, no Verão, secara como mandam os preceitos da natureza.  Mas crescera tanto à beira das estradas, nas valetas e lombas mal amanhadas, que tirava até a visibilidade aos condutores.  E era um rastilho de pólvora, em pleno Agosto escaldante, de sol abrasador, esturricando (...)