Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Ora, bora lá a tomar a vacina!

Volto a escrever sobre a Covid – 19! E sobre o gráfico referido no postal anterior.

Ou como, através da Covid, se começa em Portugal, se chega à América e percorre o Mundo quase todo! Novas e mandados!

Catatua. Setúbal. Arte Urbana. EN10. Foto original. 2021.06.22.jpg

De certo modo, surpreende-me que, desde inícios de Julho, (6/7 de Julho), se verifique um crescimento tendencialmente acentuado do número de novos casos.

Surpreende-me, relativamente, pelo facto de uma parte muito significativa da população estar vacinada. Com as doses devidas, para supostamente estar imunizada.

Essa surpresa será ainda maior quando durante este espaço de tempo, de pouco mais de um mês – início de Julho a meados de Agosto, terem sido reportados casos de surtos em lares.

Então, nas instituições de apoio à terceira idade não estavam todos vacinados, idosos/utentes e funcionários?

Logo, supostamente, não seriam lugares aonde surgiriam novos casos de Covid! Pois estariam imunizados. (Já havia bastado os que houvera na 2ª fase da pandemia!)

Raposa. Sagacidade. Arte Urbana. Setúbal. Foto Original. 2021.06.21.jpg

É claro que todos sabemos, ou pelo menos deveremos ter disso consciência, de que nenhuma vacina é 100% eficaz. Nenhuma tem essa capacidade total de fornecer imunização aos seus “portadores”, de “certificado de imunidade”. Atrevo-me a afirmar que qualquer ser pensante, com “dois dedos de testa”, deverá estar ciente desse facto.

Mas com isto, quero inferir que as vacinas são ineficazes e que as não devemos tomar?!

Não! De modo algum! Cá para os meus lados, e os mais chegados, estamos todos vacinados! (Até rima!)

E, não! Não faço parte de movimentos anti vacinas. De modo algum. Confio no sistema. Consciente que em todo este processo há muita aprendizagem a fazer e muita tem sido feita, ao longo deste pouco mais de ano e meio em que dura esta pandemia. Aprendizagem feita em Portugal e no Mundo. Ninguém terá certezas absolutas, nem sequer como efetivamente começou esta situação.

 

Também não concordo com os ataques que têm sido feitos a muitas das pessoas que têm dado a cara em todo este processo. Embora também saiba que os políticos e seja qual for a respetiva cor, quando estão no poder, (ou no poleiro?), as coisas são vistas de uma maneira, se não estão, são vistas de outro modo.

Mas não seremos assim, um pouco, todos nós?!

E anda, por aí, muito santa e boa gente a apregoar, loas, novas e mandados. Ademais este ano, que é de eleições autárquicas!

 

Labor Humano. Foto Original. Setúbal. EN10. 2021.06.21.jpg

Com toda esta conversa o que também quero questionar é se nós e os nossos comportamentos também temos ou não influência no aumento ou diminuição de novos casos?!

Estou convencido que sim. Mas também já não vivo tão “isolado” como estive em situações de confinamento.

Mas não concordo com as manifestações e ajuntamentos exagerados que se fazem por aí. Até o “primo” Obama resolveu festejar os anos com uma festa de arromba. Bem sei que isso é lá para os “Esteites”. Será que ele anda a preparar a futura candidatura da “prima” Michele?! Digo eu, sei lá!

 

E que interessa tudo isto comparativamente com o que se passa no Afeganistão?! E na Síria?! E no Iémen?! E na Faixa de Gaza?! E no Haiti?! E na África?! Em Moçambique?!

Bem, corremos o Mundo quase todo e muito fica por dizer!

*******

Fotos? Originais.

Excertos de um painel de “Arte Urbana”, de excelência, sito num muro velho em Setúbal, na entrada Oeste da Cidade, lado Sul da EN10.

Me desculpe o Autor, cujo nome desconheço, de tão bonito quadro urbano, que muitíssimo valoriza o espaço em que se insere.

O meu muitíssimo Obrigado.

*******

1ª – Catatua? Novas e Mandados. Peroração!

2ª – Raposa: sagacidade de que precisamos.

3ª – Labor Humano. Sem o nosso trabalho e nossa vontade nada se constrói.

 

COVID – 19: Ainda! Agosto 2021

Análise do Gráfico disponibilizado em “Visão Saúde” – 14/08/2021 – 19h.05´

(Evolução Linear)

Novos casos confirmados: Portugal atingiu e ultrapassou o número Um Milhão!

*******

Dados Fundamentais na Análise do Quadro:

26 Fev 2020: 1º caso de infeção confirmado.

19 Out. 2020: Portugal ultrapassou os 100 mil novos casos. 101.860 novos casos.

Desde que a “Epidemia” se iniciou em Fevereiro, até meados de Outubro, decorrem oito meses, em que houve um crescimento lento do número de novos casos, nesta 1ª fase de evolução da pandemia em Portugal

*******

17 Fev. 2021: 790.885 novos casos.

24 Fev. 2021: Portugal ultrapassou os 800 mil novos casos.

A curva, conforme se pode observar no gráfico, apresenta um crescimento acentuado e acelerado.

De meados de Outubro 2020 a meados de Fevereiro 2021, foram os quatro meses de maior ascensão de novos casos. De 100 mil passou-se para 800 mil novos casos! Nesta 2ª fase de evolução da pandemia em Portugal.

*******

8 de Julho 2021: 899.295 novos casos.

9 de Julho ultrapassou os 900 mil: 902.489 novos casos.

De meados de Fevereiro até princípios de Julho, cerca de cinco meses, o crescimento foi relativamente lento. A curva, digamos, esteve numa “fase de planalto”, como se pode observar no gráfico.

Consideramos, esta, uma 3ª fase de evolução da pandemia em Portugal?

*******

Em 14 de Agosto de 2021, atingiu e ultrapassou o milhão de casos: 1.001.118 novos casos.

Neste intervalo de tempo, sensivelmente um mês, de meados de Julho a meados de Agosto, a curva voltou a fase de crescimento acentuado.

Os casos aumentaram muito neste espaço de tempo de um mês.

Uma 4ª fase de evolução da pandemia em Portugal?

A tendência da curva e evolução das infeções, isto é, de novos casos, será de continuar o crescimento?!

Voltaremos ao assunto?!

*******

(Foto documental e original: Uma Rosa!

Rosa Estação. Foto original. 2021.05.02.jpg

Simbolicamente, um milhar de rosas, um milhão, para todos os Profissionais, que, em diferentes contextos e variadas atividades e diversificadas Profissões, têm contribuído com o seu labor, o seu saber, para debelar a “Pandemia”.

Obrigado!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D