Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Pedras… Pedras… Pedras… Pedras… (IV)

Intervenções Humanas!

Neste postal nº 977, apresento imagens de rochas que, de algum modo, foram sujeitas a intervenções do Homem.

A primeira tem os cinco círculos que observamos e que são por demais intrigantes.

Pedra dos 5 círculos. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Terão sido elaborados há milhares de anos? Supostamente sim! Por que povos? Com que finalidades? Com que instrumentos? Que utilidade teriam?! Muitas mais questões poderiam ser levantadas. As respostas seriam certamente escassas.

Ainda tentarei limpar a pedra, para visualizar melhor os círculos.

A 2ª foto é de um muro de uma propriedade.

Muro tradicional. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Observe, S. F. F., o trabalho arquitetónico: a forma e a função / funções. O conjunto e as partes. As pedras e cada pedra, no respetivo lugar.

Na 3ª, umas escadinhas, para subir à pedra maior.

Escada de pedras. Foto Original. 2021.10. 09.jpg

Hei-de pedir ao proprietário para me deixar entrar no terreno, para observar e fotografar melhor. (Espero que não tenha cães bravos.) E, subir à pedra, se conseguir.

Na 4ª foto, também intervenção humana, no aproveitamento de um espaço natural para utilização funcional. Também trabalho antigo!

Pedras estruturadas. Foto Original. 2021.10.09.jpg

E este “corte”, nas pedras seguintes, terá resultado de intervenção humana?

Pedras cortadas. Foto Original. 2021.10.09.jpg

E estas pedras, aparentemente espalhadas a esmo, terão resultado de intervenções de humanos com vista a alguma utilização?

Pedras a esmo. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Terão constituído alguma estrutura funcional? Terão sido desativadas dessa primitiva função? ... ?...?

E, a “Pedra da Cantareira”!

Pedra da Cantareira. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Esta tem nome, que é designada, como mencionei. Tal como a propriedade que delimita. Não me pergunte porquê, que não sei!

Se visitar, respeite a Natureza! Não deixe lixo, SFF!

****

P. S. - O "Verão dos Marmelos" parece estar a terminar. Ontem, o céu esteve sempre coberto de nuvens. Hoje, um capacete cerrado de nuvens cobre completamente a Serra. Parece que chuviscou.

Saúde. Muita! E Obrigado!

 

Pedras… Pedras… Pedras… (III)

Rolantes? Roliças? Cogumelos?...

Intervenções: Naturais!

Neste postal, apresento imagens de rochas que, de algum modo, foram sujeitas a intervenções. Do Homem, ou da própria Natureza. Esta, aliás, modelou-as a todas, de alguma forma. Podendo o Ser Humano ter intervindo também, de alguma maneira.

Neste Postal Nº 976, apresento rochas predominantemente "intervencionadas" naturalmente!

 Acho-as muito peculiares. Até as batizei! Se quiser, também lhes pode acrescentar nomes. SFF!

A seguinte, intitulo-a de: “Beijo”!

Rocha Beijo. Foto original. 2021.10.09.jpg

Esta de: “Marrada”!

Marrada. Foto original. 2021.10.09.jpg

“Pedra Parideira??”!

Pedra Parideira. Foto Original. 2021.10.09.jpg

“Dedos de Gigante: Impressão Digital”!

Impressões digitais. Foto Original. 2021.10.09.jpg

A "Baleia"!

Rocha Baleia. Foto Original. 2021.10.09. jpg

 

Sobre esta não lhe encontrava um título adequado. Mas acho-a original. Entretanto ocorreu-me, talvez "Crokete"ou "Pastel de Bacalhau"!

Croquete. Foto Original. 2021.10.09.jpg

A verdadeira "Pedra Parideira" ou a "Galinha dos Ovos de Pedra"!

Pedra Parideira. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Obrigado pela sua leitura.

Quer tentar batizá-las também?!

Se visitar, respeite a Natureza. Não deixe lixo, SFF!

 

Pedras… Pedras… (II)

Rolantes?! Roliças?!... Cogumelos Gigantes!

Rocha cogumelo I. Foto original. 2021.10.09.jpg

Neste postal, o novecentos e setenta e cinco, continuo divulgando imagens das rochas peculiares do Norte Alentejano. Neste caso, figurando Cogumelos! Gigantes!

Rocha cogumelo II. Foto Original. 2021.10.09.jpg

As focagens permitem perspetivas diferentes.

Rochas cogumelos I. Foto original. 2021.10.09.jpg

Rochas cogumelos. Outra perspetiva

Rochas Cogumelos II. Foto original. 2021.10.09.jpg

Nalgumas verifica-se intervenção humana. Estes granitos tinham muita utilidade e nem sempre a perceção dos povos sobre a Natureza é estética ou artística. Ou transcendental!

Rocha intervencionada. Foto Original. 2021.10.09.jpg

A maioria das vezes é utilitária.

Rochas e parede. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Mas, por vezes, essa intervenção resulta interessante esteticamente, como na quinta foto!

Outras Imagens e paisagens:

Cogumelos na paisagem. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Cogumelo com sobreiro em fundo. Brincando ao esconde, esconde.

Cogumelo e sobreiro. Foto original. 2021.10.09.jpg

Rocha cogumelo agindo na sua função decompositora sobre sobreiro morto!

Cogumelo e sobreiro morto. Foto original. 2021.10.09.jpg

Paisagem: Rochas cogumelos e sobreiros.

Paisagem e rochas cogumelos. Foto original. 2021.10.09.jpg

Rocha Cogumelo à sombra!

Rocha Cogumelo à sombra. Foto original. 2021.10.09.jpg

Gostou? Bonitas paisagens, não são?!

Faça passeios, pela sua Saúde.

Obrigado!

 

 

Pedras (I)…

Rolantes?! Não! Roliças… e, sim, Rolantes, algumas!

Pedra dos dedos de gigante. Foto Original. 2021.10.09.jpg

O Alentejo Norte, Norte Alentejano, Alto Alentejo, nas regiões de terrenos graníticos, possui formações de rochas muito peculiares. A erosão, ao longo de milhões de anos, proporcionou a existência de verdadeiros monumentos naturais. Pedras, calhaus, rochas, umas maiores outras menores, que mercê da erosão, da ação dos ventos, das chuvas, das águas correntes, da força mecânica das areias arrastadas sobre a rocha mãe, criaram verdadeiras esculturas de formas e artes quase surreais.

Castelos de Rochas. Foto Original. 2021.10.09.jpg

São alguns exemplos que apresento neste postal.

Rocha partida. Foto Original. 2021.10.09.jpg

A mesma rocha pode adquirir aparências diversas, conforme o ângulo de visão.

Pedra e pedrinhas. Foto original. 2021.10.09.jpg

 

Nalgumas houve intervenção humana. Neste postal, apresento as que me pareceram mais roliças! Perspetivas... pessoais e conforme o ângulo de visão.

Pedra e pedrinhas. Foto original. 2021.10.09.jpg

Neste postal e nos seguintes, subordinados ao tema "Pedras...", surgem silhuetas peculiares, mesmo bizarras, algumas. Não tanto a que se segue, mas a primeira do postal e outras que penso apresentar em futuros postais.

Rocha ovo. Foto original. 2021.10.09.jpg

Espero que goste e valorize o Património de que dispomos. Mesmo o Natural!

Rochas Ovos. Foto Original. 2021.10.09.jpg

Se visitar, não destrua, não deixe lixo, SFF!

Sementeira de rochas. Foto original. 2021.10.09.jpg

Equíbrio(s)!

Paisagem e rocha. Foto original. 2021.10.09.jpg

Ovo de Dinossauro!

Ovo de Dinossauro. Foto original. 2021.10.09.jpg

Caro/a Leitor/a. Obrigado pela sua visita. Se gostou e achou interessante, tente dar um nome a algumas das "Rochas".

Obrigado pela sua atenção e Votos de muita Saúde!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D