Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Maranhão – Benavila – Pisão!

Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

Talvez sim, talvez não…política, politiquices…

Propus-me escrever pouco sobre política. Principalmente porque a temática vem descarrilando, predominantemente, para politiquices.

Mas a campanha eleitoral para as legislativas antecipadas aí está. Em força!

Não concordo com eleições antecipadas! As legislaturas são para serem cumpridas.

Mas, entre ações, não sei se de campanha, se de pré-campanha, se de “restos de campanha”, Sua Excelência, o Sr. Primeiro-Ministro demissionário, tem-se desdobrado em múltiplas intervenções - ações, pelo nosso querido Portugal. A promover, a prometer sobre projetos a concretizar, a realizar.

Alguns já têm dezenas de anos. Já passaram por múltiplos e diversos governos. Ainda do tempo da “Velha Senhora”. No caso vertente, do “Velho”!

Refiro-me ao projeto da “Barragem do Pisão”, que vem dos idos de cinquenta! Do século XX!

No sábado passado, Sua Excelência esteve no Crato, a reforçar o assunto. Era para ter ido ao Pisão, in loco, mas devido “às condições atmosféricas”, optou pela sede do Município! Adiante…

Por mim e quanto ao Pisão, não sei se sim, se não!

(E que dizer, quanto a Sua Excelência ter comparado a futura Barragem do Pisão com a do Alqueva?!)

Fotos?!

Já da Barragem do Pisão?! Não!

São da Barragem do Maranhão!

E que tem a ver a atual Barragem do Maranhão com a futura do Pisão?!

Em ambas as barragens, o mote é a Ribeira de Seda, que nasce perto do Assumar. A do Pisão ficará a montante da do Maranhão. Com uma bacia hidrográfica bastante menor.

As fotos que apresento foram tiradas no dia 10/01/24, junto à Ermida da Senhora de Entre Águas, onde a Ribeira de Serrazola se junta à Ribeira de Seda.

Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

Esta barragem tem uma grande capacidade de armazenamento, conforme as fotos documentam. Mas também tem imenso consumo. Em anos de seca agrava-se a falta de água.

Pode comprovar, SFF, aqui, aqui, aqui. Fotos e textos que publiquei.

O que dizer de tudo isto?!

Que nos valha a Senhora de Entre Águas, cuja foto da Ermida apresento:

Senhora D'Entre Águas. Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

Local de ocupação – sacralização(?), de séculos…

O que dirá esta placa romana?!

Senhora D'Entre Águas. Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

Se puder e quiser, um dia, visite esta barragem e, especificamente, este local.

Senhora D'Entre Águas. Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

E uma (?) Oliveira se não milenar, pelo menos centenária!

Senhora D'Entre Águas. Barragem do Maranhão. Original. 10.01.24.

Para contrapor aos milhares, não sei se milhões, de oliveiras “intensivas”, plantadas em redor desta Barragem do Maranhão!

E por aqui me fico. Talvez sim! Talvez não!

 

Rosa de Alexandria: Evolução?

Processo de transformação da Rosa de Alexandria:

Evolução ou Involução?!

Rosa alexandria dez 23

(20/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(21/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(23/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(25/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(26/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(27/12/23)

Rosa Alexandria Dez 23

(28/12/23)

E um novo Botão de Rosa.

Rosa Alexandria Dez 23

(21/12/23)

Porque o ciclo das rosas não termina!

Já há mais rosas floridas, mesmo em Dezembro!

Porque a Vida pode ser um Jardim!

 

Uma linda Prenda de Natal!

Sementes de Amizade num Correio, à moda antiga!

No dia 6 de Dezembro, chegou ao meu correio este envelope!

Foto original. Dez 23

O que será?! (Questionei-me.)

Vi o remetente: José Silva Costa… (Autor dos blogues “Cheia” e “Sociedade Perfeita”.)

O que me terá enviado o José?!

Abri. Deparei com este frasco de Centrum!!!

Centrum. Foto original. Dez 23

Mais intrigado fiquei!

Querem ver que o José, pensa que eu, estando a publicar tão pouco, preciso de energia extra?!?!

Abro! E o que vejo?!

Foto original. Dez 23

Comprimidos tonificantes?!

Acompanhando o recipiente, este “escrito” manual...

Foto original. Dez 23

...Tão ao jeito e modo dos "tempos antigos", em que se escrevia manualmente, se poupava no correio… se poupava em tudo... porque vivíamos numa "economia de subsistência"...

Tantas lembranças me ocorreram. Porque esta prática de enviar escritos, acompanhando encomendas simples ou elaboradas, foi um costume que todos usámos, ricos e pobres, antes do eclodir de todas estas funcionalidades modernas com que hoje lidamos tu cá, tu lá!

(Até aos anos sessenta, setenta, talvez ainda nos oitentas, do século XX, eram práticas vulgaríssimas.)

E no texto, vem a explicação: Frutos / Sementes de Dragoeiro.

Sementes de dragoeiro. Foto original. Dez 23

Achei o máximo! Adorei!

Conjunto encomenda. Foto original. Dez 23

E logo tratei de semear.

Sementeira dragoeira. original. dez. 23

Nuns vasos, coloquei uma base de “estrume” vegetal, um pouco de terra em cada um e as sementes espalhadas. Quatro ou cinco por cada vaso.

Depois, tapei com um pouco de terra.

Sementeira efetuada. Original. Dez. 23

E, agora?!

Agora é aguardar a Primavera!

Obrigado, José, pela sua extraordinária lembrança!

Foi um “Presente de Natal” maravilhoso!

Muitíssimo Obrigado e também “Votos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo”!

E, O/A Caro/a Leitor/a, o que acha desta prenda tão interessante?!

(...)   (...)

(Igualmente, também para si, votos de Excelente Natal e Óptimo Ano Novo!)

 

Black Friday – (Reedição de poema!)

Pôr do sol. Foto original. Nov.23.

("Black Friday")

 

Sexta-feira negra, sexta

Anda todo o mundo besta

Atrás de cabaz, de cesta

De compras ao desbarato.

 

Quantas vezes são gato

Por lebre, que até o rato

Do capital fez um trato

C’o diabo do consumo.

 

Gasto e mais gasto sem rumo

Tanta roupa em desarrumo

Tudo isto, em resumo

É mais comprar só por comprar!

 

Que compre, compre sem cessar

Porque o mundo vai acabar

É levar cesto abarrotar!

 

Black Friday, em cada ano

Outro import americano

É sempre mais um engano.

 

É bom lembrar que o planeta

(Bem pode dizer que é treta!)

Tem recursos limitados!

 

Se vamos gastar, gastando

Como gastar nós gastamos

É certo que nos tramamos

A consumir, consumando

Nossa geração e vindoura

Nada de bom nos agoura!

 

Hoje e amanhã tramados!!!

 

Novembro / Dezembro 2019

(Na sequência da “Black Friday” de 6ª feira 29/11/2019.)

 

 

Primavera do Outono! Set/23.

Em que estação do ano estamos?!

Outono! Verão? Primavera?!

Catalpa florida. Original. 24.09.23.

A fotos, todas originais são elucidativas:

Todas a partir de 24 de Setembro, Outono, apesar do imenso calor e muitas plantas floridas!

Rosa. Original. 26 Set. 23.

(Roseira florida - 26/09/23. Foto da rosa sob efeito sombra.)

Rosa acetinada. Foto original. Set 23

(A mesma rosa, no mesmo dia, mas sob o efeito da luz solar.)

 Em qual das fotos a rosa fica melhor?!

*******

Rosa Branca:

Rosa Branca. Quintal de cima. Foto original.

Alecrim florido:

Alecrim. Foto original. 24.09.23.

Despedidas de Verão, sem o Verão se despedir, já bem no Outono:

Despedidas de Verão. Foto original. 24.09.23.

Outono, sim! Verão, também! Primavera?! Talvez...

Ou seja: Primavera do Outono!

*******

Os Gatos são quem menos se preocupa com isso.

A Dona Mi-Dú, com os 2 filhotes na mesa de amesendação:

Gatos no quintal. Foto original. 28.09.23.

(Repare que um dos gatos, pela idade, já "adolescente", come que se farta... e ainda mama!)

Ricas Vidas!!!!!

 

Pôr-do-Sol – 27/08/23 – Aldeia da Mata.

Poente!

Pôr do sol. Foto original. 27.08.23.

Ocaso!

Pôr do sol. Foto original. 27.08.23.

Fachada da Igreja Matriz.

Igreja Matriz. Foto original. 27.08.23.

O Sol já se põe às 20 Horas! (Constatei isso, hoje, 30 de Agosto, em que fui tirar fotos ao poente. Fotos que ainda não trabalhei. Estas são de 27 de Agosto - Domingo.

Continua muito calor, embora não tanto como na semana passada.)

 

 

Figos e outros Frutos d’Agosto!

Imagens de alguns frutos deste mês de Agosto.

(Alguns conhece, outros talvez ignore.)

Figos da Índia

Figos índia. original. 18.08.23.

(Já colhi, exige algum cuidado, a colheita. Já comemos. Já ofertamos. Após frigorífico, são melhores que ananás!)

Figos, também.

Figos. original. 16.08.23.

Pouco percetíveis, são figos-reis!

Uvas

Uvas. original. 05.08.23.

(Por demais identificáveis.)

E, estes?! Provavelmente não conhece.

Espinheiro. Original. 04.08.23.

Não costumamos comer. Mas já vi pessoas comê-los.

São os frutos do Espinheiro / Carapeteiro!

***

Bons passeios. Bons frutos. Um pouco menos de calor.

(Embora, hoje, tal como ontem, esteja fresco de manhã.)

 

Rosas de Agosto!

(En)quadradas em quadra:

Rosa de cheiro. Original. 09.08.23.

Tão breve vida – pó – rosas d’agosto!

Rosa acetinada. Foto original. 09.08.23.

Tempo de meter dó: tanto calor!

Rosa de santa teresinha. original. 09.08.23.

Vida vivida só, a contragosto.

Rosa Branca. quintal de cima. Foto original. 09.08.23

Pobre tal como , sem ti, Amor!

*******

(Hoje, 16 de Agosto, com mais algum tempo livre, consegui publicar 2 Postais!)

(Neste: 4 versos - 1 quadra - 4 rosas - 4 / 1 /4)

*******

(Tão breve vida – pó – rosas d’agosto!

Tempo de meter dó: tanto calor!

Vida vivida só, a contragosto.

Pobre tal como , sem ti, Amor!)

*******

Votos de Saúde e de Paz!

 

 

Pôr-do-sol: fogo e mar!

Pôr do sol. Foto original. 13.08.23.

Aldeia da Mata – 13/08/23 – Adro da Igreja.

Pôr do sol. Foto original. 13.08.23.

Não resisto a divulgar estas imagens do pós – ocaso, de 13 de Agosto, ocorrido em Aldeia da Mata.

Pôr do sol. Foto original.13.08.23.

Simultaneamente os laranjas e os azuis.

(Fotos tiradas no adro da Igreja Matriz.)

O remate superior de um artístico portão antigo.

Pôr do sol. Foto original.13.08.23.

(Não me parece que estas singulares cores do pôr-do-sol se tenham devido a fumos de incêndios, como noutro anterior postal.)

 

Beleza... na desgraça?!

Pôr do Sol - Aldeia da Mata - 05/08/2023

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

Será possível encontrar beleza numa fatalidade?!

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

Não sei! Mas a Natureza consegue maravilhar-nos, apesar da forma desleixada como a tratamos.

Estas imagens do Pôr-do-Sol - ontem, sábado, 05-08-23, em Aldeia da Mata - ocorrido cerca das 20h. 40', resultaram dos fumos de incêndios, que lavravam nos concelhos de Castelo Branco e Proença-a-Nova, na Beira Baixa, a norte do Alto Alentejo.

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

(As ovelhas pastando tranquilamente!)

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

(As fotos das quatro imagens anteriores foram tiradas no Vale de Baixo, enquadradas no arvoredo: Oliveiras centenárias, Eucalipto, Catalpas, Choupo, Freixos, Azinheiras, Canavial.)

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

(A foto anterior já foi tirada no Adro da Igreja Matriz, de onde, hoje - 6 de Agosto - já terá saído a procissão, integrada nas Festas da Aldeia.)

E última foto:

Pôr do sol. Foto original. 05.08.23.

Araucária - enquadrando a origem da "Nuvem" - fumo provindo bem do norte - Beira Baixa!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D