Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aquém Tejo

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Há quem do Tejo só veja o além porque é distância. Mas quem de Além Tejo almeja um sabor, uma fragrância, estando aquém ou além verseja, do Alentejo a substância.

Covid… nunca mais vai acabar!

Covid e mais Covid! A “nossa” responsabilidade!

 Em tempos escrevi, poetando “… que isto da covid / vai um dia acabar!”

Ainda em 2020, quando realmente acreditava que isso iria acontecer.

 

Passados estes dois anos em que o bicho anda e ciranda, por aqui e por ali, para cima e para baixo e não arreda pé, eu já não acredito que isso venha a ocorrer! Até receio que nunca mais vá acabar. Foi uma “Caixa de Pandora” que abriram, lá para a China, mas que nunca mais vão conseguir fechar. É este o meu receio e a minha perceção, atualmente.

Mais tarde ou mais cedo vai bater à porta de qualquer um, “vá de retro…”, que não o queremos por cá, mas ninguém está livre de isso lhe acontecer.

Se poderia haver alguma diminuição da probabilidade dessa ocorrência? Creio que sim! Qualquer pessoa observa, haver uma correlação direta entre a falta de cuidados das populações e a disseminação do bicho.

Reportando-nos a Portugal que é o observatório que temos disponível, verificamos que logo que acontecem as festanças dos eFes ou outras, em que se aglomeram milhares e milhares de pessoas, sem quaisquer cuidados, logo o número de casos aumenta.

São as urgências dos hospitais que entopem, porque o pessoal pode não ter cuidado quando anda no regabofe a bater a chocalha, abanando o capacete, mas mal tem leves dores de cabeça não se coíbe de marchar ao São João, à Santa Maria.

Valha-nos a Santa! É o que é, e o pessoal não tem mesmo cura. Nem a covid acaba!

Mas adiante… Sabemos que o Ser Humano, por natureza, é um “ser eminentemente social” e bem pode pregar Frei Tomás, que isto não vai, nem com Ferrabrás! Nem prá frente nem pra trás. Está sempre na mesma.

Também as nossas governanças persistem em manter posturas incoerentes sobre medidas preventivas.

Nem preciso especificar, mas o caso do uso das máscaras tem sido paradigmático.

Que nós também podemos e devemos saber agir. Sim!

Podemos e devemos.  Mas é escusado gastar o meu latim, de que aliás pouco sei. Isto vai andar tudo ao molho…

Até lá, resguarde-se, SFF! Que vem aí o São João.

E começou, hoje, o Verão. Fresco! Com ar primaveril. Que assim continue, fresco. Já basta a falta de água…!

Saúde e Paz!

 

Quadras: Almada - Santos Populares

Almada, Abril e São João

 

Festas 2015. In: distritoonline.pt.jpg

 

 

 João, S. João da Ramalha

Em Almada tem muita devoção

Entre o Povo humilde que trabalha

Cidade com Abril no coração.

 

 

Em Abril, Liberdade mil

Diz o Povo e com razão.

Junho, escorre o vinho do barril

Almada, festeja o São João.

 

 

chafariz-almada - almadadigital.pt.jpg

 

Imagens, in: distritoonline.pt/ e almadadigital.pt/

 

 De Portalegre para Almada

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais Comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D